SEAD

Secretaria de Estado da Administração

Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

Candidatos participam da prova para o concurso da Polícia Civil

Aplicação do exame tem segurança reforçada neste domingo, 10.
Por: Andreza Teixeira - 11/09/2017 - 08:01
Segundo a Fundação Carlos Chagas (FCC), 663 candidatos para o cargo de delegado não compareceram ao local de prova
Foto: Phillippe Gomes
Segundo a Fundação Carlos Chagas (FCC), 663 candidatos para o cargo de delegado não compareceram ao local de prova

A manhã deste domingo, 10, iniciou movimentada para os concorrentes às 25 vagas para o cargo de delegado do concurso público da Polícia Civil do Estado do Amapá. Uma das candidatas é a bacharel em Direito Cecília Oliveira que sempre teve o sonho de seguir a carreira policial, ela se prepara há mais de dois anos e nos últimos meses intensificou os estudos “Este é o meu concurso, sempre tive muita admiração pela corporação e espero conquistar um bom resultado”, pontuou a jovem que é natural de Manaus, Amazonas.  Segundo a Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do certame, 663 candidatos para o cargo de delegado não compareceram ao local de prova, totalizando 15,6% de faltosos, ou, seja, dos 4.250 concorrentes, 3.587 participam do certame.

No turno da tarde, o exame será aplicado aos candidatos às vagas de agente de polícia e oficial de polícia. Para garantir a lisura do certame, o Governo do Amapá e a FCC intensificaram as medidas de segurança. As polícias Civil e Militar atuam no concurso, mais de 40 policiais estão presentes nos 37 locais de aplicação da prova. “Planejamos esta ação para evitar que algum candidato se beneficie através de alguma tentativa criminosa”, explica o delegado Nixon Kennedy.  Todos os locais de aplicação de prova estão equipados com sensores para evitar fraudes, além disso, os agentes observam o comportamento dos candidatos e estão atentos a qualquer conduta fora da normalidade.

A secretária adjunta de Estado da Administração, Regina Duarte, frisa que o reforço das polícias Civil e Militar é de grande importância para garantir tranquilidade aos candidatos e maior segurança ao concurso. “Apesar de todo aparato da banca organizadora, nos sentimos ainda mais seguros com a intensificação da presença da polícia”, ressaltou. 

A FCC também intensificou a capacitação das 1.483 pessoas que trabalham na fiscalização do exame, para otimizar sua atuação. Para evitar qualquer tipo de imprevisto, os fiscais não podem utilizar nenhum tipo de dispositivo eletrônico durante a aplicação da prova. Celulares, tablets e outros equipamentos serão desligados, lacrados em embalagens plásticos e ficarão na sala de coordenação dos locais de prova.

A jovem Débora Borralho, 27 anos, concorre a uma das vagas para delegada e se preparou por quatro anos. Ela conta que suas expectativas são as melhores possíveis, mesmo com o alto número de concorrentes. “Espero que quem passe no concurso seja realmente comprometido com a segurança do nosso Estado”, frisou a jovem.

Agente e oficiais

No turno da tarde, serão aplicados exames para os cargos de agente de polícia e oficial de polícia. Os candidatos devem se apresentar em suas respectivas instituições às 13h30. Os portões serão fechados às 14h. Estão inscritos 16.756 para as 120 vagas do cargo de agente de polícia, enquanto 3.633 concorrem a 60 vagas para oficial de polícia.

O Governo do Estado espera preencher todas as vagas disponibilizadas pelo concurso público, inclusive as 755 destinadas ao cadastro de reserva. O objetivo é, no mais breve espaço de tempo, convocar os candidatos e reforçar o setor da segurança pública.


SEAD - Secretaria de Estado da Administração
Av. FAB, 87. Fone: (96) 3084-8000
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá